4 principais razões para estar no LinkedIn

Autor
Belo Digital
Publicado a
4 principais razões para estar no LinkedIn
4 principais razões para estar no LinkedIn

Atualmente, o LinkedIn é conhecido como a maior rede social profissional, com mais de 750 milhões de utilizadores, espalhados por mais de 200 países, incluindo Portugal, que conta com a presença de milhares de empresas, sendo uma das plataformas mais utilizadas no país. Criada em 2003 pelo empresário Reid Hoffman, esta tinha como missão conectar profissionais de todo o mundo, para que se tornassem mais produtivos e bem-sucedidos, através da criação de oportunidades económicas.

O LinkedIn tornou-se fundamental para os negócios B2B – Business to Business, ou seja, para empresas que vendem para outras empresas – que podem encontrar potenciais clientes. Contudo, as empresas B2C – Business to Consumer, isto é, empresas que vendem os seus produtos/serviços diretamente ao consumidor final – também podem beneficiar desta rede social, pois permite-lhes estabelecer relações com fornecedores, e até acionistas, que se encontrem nesta plataforma.

Apesar de ter um formato muito específico e distinto relativamente a outras redes sociais, também neste é necessário produzir conteúdo para divulgar uma empresa, para alcançar mais pessoas e criar mais conexões. Assim como acontece no Instagram e no Facebook, também no LinkedIn é possível criar uma página empresarial de uma marca, fornecendo-se informações básicas sobre as mesmas, nomeadamente website, contactos, morada e serviços disponibilizados. Assim como existe o Google Ads, o Facebook Ads e todos os outros tipos de anúncios nas redes sociais, também no LinkedIn é possível fazer publicidade e partilhar o perfil de uma empresa ou uma publicação através do LinkedIn Ads.

Ao marcarem presença nesta rede social, as empresas usufruem de vários benefícios. Conheça os principais.

1. Divulgar a empresa

Ao ter uma presença ativa no LinkedIn, as empresas podem dar a conhecer detalhes sobre os seus valores, produtos, processos e políticas. Além disso, é ainda possível partilhar notícias, novidades e até eventos que envolvam a marca, de forma a desenvolver uma relação de proximidade com os utilizadores.

2. Rede de contactos muito maior

O LinkedIn permite aumentar a rede de contactos de uma empresa. Ao contrário do Facebook e do Instagram, em que a página de uma marca pode ser sugerida a qualquer utilizador, no LinkedIn, esta é apresentada apenas a pessoas com interesse na área em que determinada marca atua.

3. Aumento da notoriedade da marca

Por ser uma rede social profissional, o LinkedIn leva a que as empresas consigam criar relações com os utilizadores, alcançando a sua confiança, aumentando, consequentemente, a notoriedade de uma marca.

4. Aumento dos leads e das conversões

Uma outra vantagem de ter um perfil nesta rede social é o aumento dos leads e das conversões, uma vez que muitos dos utilizadores recorrem a esta plataforma para obter informações confiáveis sobre as empresas, antes de realizarem uma compra.

Para se tornar mais influente no LinkedIn e conseguir atrair mais pessoas, existem algumas dicas que qualquer empresa deve adotar. No que diz respeito à frequência das publicações, convém publicar com regularidade, em média, duas a três vezes por semana. Relativamente aos conteúdos, estudos comprovam que as imagens captam mais a atenção dos utilizadores, por isso, apostar em conteúdos visuais é uma mais-valia. Outra dica prende-se com o recurso a hashtags, que permite que as outras pessoas tenham mais facilidade em encontrar o que pretendem, permitindo que o LinkedIn categorize as publicações, de acordo com o conteúdo. Por fim, otimizar o conteúdo através de estatísticas que são fornecidas pelo LinkedIn, de modo a entender o desempenho das publicações realizadas no perfil.

O LinkedIn tornou-se numa ferramenta importante para as empresas e, por isso, ter uma presença ativa e cuidada nesta plataforma tem tudo para se tornar numa mais-valia para uma marca. Não sabe por onde começar? A Belo Digital pode ajudá-lo a gerir a conta da sua empresa no LinkedIn. Contacte-nos.

Etiquetas: redes sociais

Subscreva a
nossa Newsletter