Técnicas de Impressão

Autor
Belo Digital
Publicado a
Técnicas de Impressão
técnicas de impressão

Para que um projeto gráfico tenha o resultado pretendido, é necessário analisar qual o processo de impressão mais adequado, tendo por base a estética, a resistência do material, a tiragem, etc.

Vejamos algumas técnicas de impressão:

OFFSET
A técnica de impressão offset é a mais utilizada desde a segunda metade do século XX para impressões de grande e média quantidade, esta técnica oferece uma boa qualidade, possui uma grande rapidez de processo e imprime em praticamente todos os tipos de papel e alguns plásticos (especialmente o poliestireno).
O sistema de offset utiliza uma matriz (um cilindro com uma chapa metálica com a imagem a ser gravada) que passa por um rolo de tinta. De seguida, a matriz transfere a imagem para outro cilindro coberto com uma borracha (blanqueta) que por sua vez, imprime no papel.

SERIGRAFIA
A técnica de impressão Serigrafia aplica-se a todos os artigos com superfícies plana, com composições sem detalhe demasiado finos e de formato considerável, produzindo uma impressão densa.
O processo consiste na impressão de uma ou mais cores diretas (impressas separadamente), utilizando um quadro sobre o qual é fotografado o fotolito

ESTAMPARIA
A estamparia é a impressão direta nos tecidos. Permite a impressão até quatro cores, com secagens intercaladas.

BORDADO
Processo onde é “picado” através de fio/linha o logótipo em qualquer artigo têxtil.
O bordado depende do número de pontos necessários ao formato do logótipo, neste processo vai ser reproduzido previamente o logótipo num filme próprio para bordados e depois será novamente reproduzido no artigo.

TRANSFER SERIGRÁFICO
O Transfer Serigráfico é a aliança do processo serigráfico com o calor.
Permite a impressão de uma ou várias cores diretas sobre um papel especial (transfer), que aplicado sobre o artigo e através de pressão e do calor, obtêm-se a impressão no artigo.
Processo sofisticado e com resultados excelentes, idênticos aos da impressão serigráfica. É também utilizado nos casos onde a impressão serigráfica, que por ser plana, não o permite. Este processo permite imprimir em artigos têxteis, cartão, polyester, p.v.c., guarda-chuvas, bonés, gorros, entre outros.

TRANSFER DIGITAL
Aplica-se a tecidos confecionados, como chapéus, sacos, t-shirts, guarda-chuvas, etc., ou por confecionar. Este processo consiste na aliança entre a impressão digital com o calor.
Permite imprimir sem um limite de cores, sobre um papel especial (transfer), que aplicado sobre o artigo, através da pressão e do calor, resulta na impressão.
Processo ideal para todo o tipo de artigo e sempre em quadricromia. Permite a pré-impressão, ou seja, o seu logótipo é previamente impresso, e só é aplicado nos artigos à medida das suas necessidades. Isto permite-lhe gerir os prazos de entrega, escolher diferentes artigos para aplicar o logótipo, evitar os custos de preparo e obter uma elevada qualidade.

TRANSFER CERÂMICO
Obtêm-se a partir de um transfer específico para cerâmica, que através da impressão digital aliada à pressão e ao calor, fixa a tinta de tal modo que não é possível a sua remoção com os detergentes e utilizações vulgares.

TAMPOGRAFIA
Processo de impressão por transferência indireta de tinta, a partir de um cliché gravado em baixo relevo com o motivo a ser impresso, por um tampão (almofada) de silicone, é possível imprimir em qualquer material e superfície.
Oferece alta definição e precisão em traços de linhas finas, é um processo muito versátil e utilizado para imprimir em superfícies cilíndricas, côncavas, curvas ou planas, regulares ou irregulares.
Permite imprimir de uma a quatro cores diretas, em pequenos objetos com um ângulo até 120 graus. As aplicações típicas incluem canetas, relógios, aparelhos eletrónicos, entre outros.

IMPRESSÃO DIGITAL
Para pequenos formatos é utilizada a impressão digital a laser. Existe a possibilidade de personalizar os trabalhos, fruto da impressão individualizada a partir de ficheiros de base de dados digitais, em paralelo com a eficiência das pequenas tiragens.
Para grandes formatos é utilizada a impressão digital. A maior vantagem da impressão digital começa pela ausência da produção de fotolitos/chapas, oferecendo qualidade e rapidez. Processo ideal e eficaz para pequenas quantidades e com um resultado de grande qualidade. A impressão digital é a solução ideal para vários formatos/tamanhos em papel, autocolante, tela e outros, sendo sempre feita em quadricromia. No grande formato o impacto visual é a maior valia da impressão digital. A sua versatilidade permite a utilização indoor e outdoor, adequa-se a trabalhos de decoração e publicidade como cartazes, lonas montras, carros ou stands. A este processo é possível aliar o corte em vinil, que não inclui impressão.
Não existe separação de cor (cores diretas – serigrafia), a impressão é feita a partir da mistura das cores primárias (CMYK). Economicamente vantajoso para as soluções de papel, desde cartazes (pequeno e grande formato), papel autocolante e vinil impresso. A este processo podem-se aliar diversos tipos de acabamento desde o corte simples/reto ou com cortantes específicos, encadernações, etc.

IMPRESSÃO DIGITAL UV
Impressão em 24 horas com qualidade fotográfica para um leque variado de suportes rígidos, planos e flexíveis.
Impressão em diferentes espessuras e larguras, revestida ou não revestida, desde plásticos e vidro a madeira e metal.
Sem quantidade mínima e com versatilidade total na personalização.

EPOXY – GOTA DE RESINA
Processo directamente relacionado com a impressão digital. A partir da impressão digital sobre uma película autocolante, aplica-se uma gota de resina transparente, que é submetida a altas temperaturas para solidificar.
Este processo produz um efeito de profundidade e brilho, com efeito de gota de água.
Ideal para pins, etiquetas, crachás, entre outros.

LASER
Disponibilizamos 2 tipos de serviços laser:
– Gravação a laser, consiste na gravação do logótipo (máx. 2 mm de profundidade) no artigo composto por metal, madeira, vidro, acrílico, pele, entre outros. A partir do envio de ficheiro via computador para a máquina laser, esta emite um raio laser sobre o material, o que irá assegurar uma gravação com um acabamento sublime, preciso e de caráter permanente. A cor obtida na gravação depende apenas da cor de fundo do material, a gravação a laser não permite a escolha de cores. É um processo bastante utilizado em artigos de prestígio, atribuindo elegância na personalização.
– Corte a laser, ideal para a produção de troféus, pisa-papéis, placas de identificação, sinalética, entre outros.

TERMOGRAVURA
Neste processo é utilizada uma placa de metal com a imagem/logótipo que, através da pressão sobre o artigo cria uma ilusão de 3D no artigo, resultando num acabamento visual agradável.
Ideal para artigos de pele, não é possível a impressão de cor.

Fonte: http://www.timprexe.com/pt/impressoes

Subscreva a
nossa Newsletter